O ESCRITÓRIO FERNANDO RAMOS ADVOCACIA INTEGRA ATUALMENTE,
O DIREITO DE EMPRESA, COM ÊNFASE NO DIREITO TRIBUTÁRIO,
PRESTANDO ASSESSORIA JURÍDICA, CONSULTIVA E CONTENCIOSA.

Teto para multa em decorrência da dívida de ICMS é de 20% da atividade tributável
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

O juiz da 3ª Vara da Fazenda Pública de SP, Luís Manuel Fonseca Pires, determinou a redução da multa por dívida de ICMS para 20% do valor relativo à atividade tributável que fora conferida a uma empresa do ramo de importação e exportação.

Para o magistrado, a fixação da multa deve considerar a realidade econômica do país e o propósito principal desse tipo de sanção, a fim de não impossibilitar a continuidade das atividades da empresa ou afetar o patrimônio do contribuinte de forma significativa.

Embora existam outros critérios no sistema jurídico e tributário, o juiz defendeu que o percentual de 20% da atividade tributável é satisfatória para a repreensão do ato infracional, de modo que um percentual acima disso teria teor confiscatório, violando o princípio da proporcionalidade.

O magistrado apontou ainda a necessidade de maior eficiência na fiscalização, visando “apurar em um percentual mais satisfatório as ocorrências de violações de conduta” no âmbito tributário.

Assine nosso blog